“QUANTAS MORTES MAIS VÃO PRECISAR PARA ACABAR COM ESTA GUERRA”?

1  2

Esta foi uma das tantas frases de Marielle enquanto lutava. Podemos listar uma lista imensa de nomes de crianças, jovens, adolescentes, adultos, idosos, profissionais que de forma injusta e violenta nos deixaram nestes últimos anos na cidade do Rio de Janeiro, vítimas de um sistema injusto, concentrador, corrupto, violento, canalha, desigual… que não tem sentimentos, nem sabe nada de sensibilidade e de solidariedade.

Que desde a Maré no Rio se transforme em um rio de justiça, de solidariedade e de paz para todo o Brasil, assim se expressou nosso irmão e amigo Cesar Kusma:

Chove no Rio
Mais uma menina se foi
Mataram mais uma irmã
Mais uma mulher
Mais uma do povo
O Rio chove e chora
Chora, Rio!
Chore e traga justiça!
Que vozes caladas se tornem unidas!
As vidas tiradas trazemos presentes
Que sejam sementes
Que formem jardim!
Presente, presente
Marielle Franco, Anderson, José, Antônio, Maria, Josefa…
Com força, assim.

Tanta violência e assassinatos no Rio e no Brasil são tentativas  de calar a voz daqueles e daquelas que lutam pela justiça e pela busca de direitos, que trazem como causa a defesa dos mais pobres e vulneráveis, em especial, na causa de milhões de Brasileiros que é a luta pela defesa e dignidade humana de todos os tempos, vítimas da violência e da exclusão construídas pela sociedade e sistema vigentes.

O SPM – Serviço Pastoral do Migrante,  torna-se solidário com a família de Marielle e de Anderson e de tantos outros irmãos e irmãs mortos e assassinados de forma injusta e violenta, que são esquecidos pela grande mídia, a exemplo de indígenas e trabalhadores e trabalhadoras sem terras, que já somam um número expressivo de vidas ceifadas no Brasil. Neste caso, nos somamos às demais instituições, que exigem das autoridades competentes a total investigação e apuração dos fatos. A luta não terminou. Ela continua. A causa dos nossos mortos está presente. Se nos matarem viremos e seremos milhões.

DOM JOSÉ SALLES, ROBERTO SARAIVA, MARIA OZANIA  DA SILVA E PE. MÁRIO GEREMIA

EM NOME DA COORDENAÇÃO NACIONAL DO SPM

 

 

 

Sobre SPM - Serviço Pastoral dos Migrantes

O Serviço Pastoral dos Migrantes (SPM) é uma Pastoral Social, vinculada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), fundada em 1985, que promove os direitos humanos, sociais, econômicos, políticos e culturais dos migrantes e imigrantes e comunidades de origem, trânsito e destino.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s