DECLARAÇÃO DO ENCONTRO DAS PASTORAIS E MOVIMENTOS SOCIAIS

No último dia 03 e Junho de 2017, mais de 63 agentes de pastorais e de movimentos sociais e populares de diferentes Dioceses da Grande São Paulo, se reuniram no Centro Pastoral São José (Belém – Zona Leste/SP) em um encontro que contou com a presença de Dom Angélico Sândalo – Bispo Emérito de Blumenau.

 O objetivo desse encontro foi manifestar posições contra o desmonte dos direitos sociais do país pelo sistema capitalista via governo ilegítimo, impopular e corrupto de Michel Temer que, aliado ao poder judiciário, midiático e empresarial (nacional e internacional) moveram contra a classe trabalhadora brasileira uma série de retrocessos em curto prazo.

No encontro, ocorreu um amplo debate das “reformas” (desmonte) trabalhista e especialmente a “reforma” (desmonte) da Previdência, o que restou claro o posicionamento dos movimentos sociais e das pastorais presentes, de que as referidas “reformas” empobrecerão por demais o povo brasileiro, aumentando o distanciamento entre pobres e ricos, o que não se coaduna com as recomendações colocadas na Encíclica “Laudato Si” do Papa Francisco. Ou seja, as perdas sofridas pela classe trabalhadora representam a ampliação das desigualdades sociais, o que contraria a recomendação do Papa Francisco.

É claro o apontamento do Papa Francisco aos problemas da natureza relacionados ao consumo exacerbado e destruição da natureza e a exploração dos pobres e excluídos pelos ricos. Na mesma linha o “Evangelii-Gaudium” (A Alegria do Evangelho), ao citar sobre o papel da igreja em exercer uma igreja “em saída”, relata os desafios do mundo atual, entre eles os sociais, culturais e econômicos e nos convida a renovar o diálogo sobre a construção do planeta, bem como a uma nova etapa evangelizadora contando com o compromisso dos pastores da igreja à promoção do estímulo de debate fraterno com a sociedade.

Cresce a fileira dos que foram jogados para fora do direito ao trabalho, do direito a morar com dignidade. Mas assistimos a ganância dos que corrompem com os que são corrompidos, preocupados unicamente em acumular, mesmo que para isso destruam sonhos, oferecendo a ilusão de uma sociedade de fartura que na verdade gera a cultura do ter em detrimento do ser. É nesta sociedade excludente que “Mata o próximo quem lhe tira seus meios de vida, e derrama sangue quem priva o operário de seu salário” (Eclo 34, 22), que está a consumir “O pão dos indigentes é a vida dos pobres” (Eclo 34, 21). Deste modo, repudiamos todas as reformas desse governo da maneira que está sendo imposta, a aliança entre capital e política para retirar direitos da classe trabalhadora. E reafirmamos que o trabalho digno é nosso direito, lutar por ele é nosso dever!

Visando denunciar esse sistema que é insuportável, exclui, degrada e mata, que nós católicas e católicos, convocamos agentes pastorais, movimentos sociais e populares, a agregaram essa agenda de mobilização da nossa igreja, rumo a uma sociedade mais justa e livre.

Para isso, nos reuniremos no próximo dia 01 de Julho (sábado) ás 14h no Centro Pastoral Belém (Av. Álvaro Ramos, 366 – Belenzinho, São Paulo – SP, 03058-060) para um grande encontro para firmar os próximos passos.

ASSINAM O DOCUMENTO:

Pastoral da Educação da Arquidiocese de São Paulo

Pastoral Fé e Política da Arquidiocese de São Paulo

Centro Santo Dias de Direitos Humanos da Arquidiocese de São Paulo

Pastoral Carcerária Nacional

Pastoral Operária Região Episcopal Belém

Pastoral Operária Região Episcopal Ipiranga

Pastoral Operária Região Episcopal Santana

Pastoral Operária Diocese de Campo Limpo

Pastoral Operária Diocese de Guarulhos

Pastoral Operária Diocese de Santo André (ABC)

Pastoral Operária Diocese de São Miguel

Pastoral da Terra

Igreja Povo de Deus em Movimento

Pastoral da Juventude Regional Sul 1

IAZL – Instituto dos Advogados da Zona Leste da cidade de São Paulo

Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo

Gruto Tortura Nunca Mais

Casa da Solidariedade Região Ipiranga

CEB’s

CEDECA Sé

CESEP
CESEP Voluntários

Centro Pastoral São José do Belém

Comunidades Região Brasilandia

Missionários do Verbo Divino

Fraternidade Charles Foucauld

Pastoral do Menor – Bom Parto

Pastoral de Fé e Política da Paróquia Sta Zita

Pastoral da Educação

Pastorais Sociais – CEB’S Santo André

Paróquia Nossa Senhora do Carmo Diocese de São Miguel

Comissão Justiça e Paz Arquidiocese de São Paulo

Comissão Santo Dias de Direitos Humanos

Congregação Verbo Divino

Samaritanos FA

SEFRAS

SPM Serviço Pastoral dos Migrantes

Fórum de Participação da V Conferência de Aparecida

Anúncios

Sobre SPM - Serviço Pastoral dos Migrantes

O Serviço Pastoral dos Migrantes (SPM) é uma Pastoral Social, vinculada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), fundada em 1985, que promove os direitos humanos, sociais, econômicos, políticos e culturais dos migrantes e imigrantes e comunidades de origem, trânsito e destino.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s