SC receberá 20 ônibus com imigrantes haitianos nos próximos dois meses

Longa viagem28/06/2015 | 20h14Atualizada em 28/06/2015 | 21h15

Neste sábado e domingo, 34 pessoas chegaram a Florianópolis em veículos vindos do Acre

Gabriel Rosa

gabriel.rosa@diario.com.br

A Prefeitura de Florianópolis se prepara para acolher centenas de imigrantes – principalmente haitianos – até o fim de agosto. Isso porque ao menos 20 ônibus fretados devem deixar o Norte do país com destino às capitais do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A informação já havia sido anunciada pelo Ministério da Justiça no meio do mês, mas foi confirmada pela Secretaria de Assistência Social de Florianópolis na noite deste domingo.

É a segunda grande leva de imigrantes que saem do Norte em direção a outras regiões do Brasil em 2015. No fim de semana, Florianópolis já recebeu 34 haitianos vindos do Acre, que foram conduzidos em um abrigo montado no bairro Capoeiras.

Desta vez, um convênio de R$ 2 milhões entre o Acre e o governo federal permitirá o custeio de 43 ônibus fretados especialmente para o transporte dos estrangeiros, sendo que 23 irão para o Sudeste e 20 para o Sul. O prazo para uso da verba é de 60 dias.

Não se sabe quantos imigrantes descem em cada um dos três Estados. Segundo aEmpresa Brasileira de Comunicação (EBC), estima-se que 920 haitianos fiquem em São Paulo e 800 desembarquem no Sul.

A primeira etapa das viagens ocorreu entre 25 de maio e 2 de junho, gerando bastante atrito entre os Estados devido à falta de comunicação. Ao menos 177 haitianos e senegaleses passaram ou ficaram em SC nesta época. Agora, os governos tem acordado melhor o transporte, o que tem facilitado o acolhimento nos destinos finais.

Imigrantes deixam Florianópolis por conta própria

No sábado, sete imigrantes haitianos vindos do Acre desceram em Florianópolis. Já às 18h de domingo, foram mais 27 pessoas – sendo 17 homens e 10 mulheres.

Segundo Dejair de Oliveira, diretor-geral da Secretaria de Assistência Social de Florianópolis, um deles teria deixado o abrigo por conta própria e ido para Porto Alegre (RS), enquanto outro foi para Balneário Camboriú (SC) para se apresentar a uma vaga de emprego já combinada anteriormente.

A viagem entre AC e SC leva ao menos 48 horas. A prefeitura de Florianópolis afirma que o número de imigrantes que desceram na cidade bate com o informado pelo Governo do Acre, mas não se sabe quantos devem chegar nos próximos dias. Dejair de Oliveira relata que só tem recebido essa informação no dia anterior à chegada de cada um dos ônibus.

Na noite deste domingo, havia 32 haitianos abrigados no Capoeirão. Eles passam por entrevistas com a equipe da Assistência Social de Florianópolis para auxiliar na busca por emprego e para que seus destinos finais sejam confirmados.

Falta de mapeamento sobre imigrantes dificulta ações no Esado
Na primeira etapa, 162 haitianos e senegaleses passaram por SC
Ministro da Justiça admite falha de comunicação

http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/geral/noticia/2015/06/sc-recebera-20-onibus-com-imigrantes-haitianos-nos-proximos-dois-meses-4790895.html

Sobre SPM - Serviço Pastoral dos Migrantes

O Serviço Pastoral dos Migrantes (SPM) é uma Pastoral Social, vinculada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), fundada em 1985, que promove os direitos humanos, sociais, econômicos, políticos e culturais dos migrantes e imigrantes e comunidades de origem, trânsito e destino.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s