Naufrágio pode ter matado 500 pessoas na costa de Malta

Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), caso as informações sejam confirmadas, será o naufrágio com o maior número de vítimas dos últimos anos

15 de setembro, 2014

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) disse nesta segunda-feira, 15, que suspeita que um naufrágio ocorrido na semana passada, perto da costa de Malta, no Mediterrâneo, tenha causado a morte de 500 imigrantes que tentavam fugir da África para a Europa.

Segundo a organização, caso as informações sejam confirmadas, será o naufrágio com o maior número de vítimas dos últimos anos. De acordo com a entidade, essa tragédia não foi um acidente e sim um “homicídio em massa” causado pelos próprios traficantes encarregados de guiar os imigrantes.

Com base nas informações prestadas por dois sobreviventes palestinos, que foram resgatados na última quinta-feira, 11, por um cargueiro italiano, o naufrágio foi proporcionado pelos traficantes. Os sobreviventes informaram que os criminosos obrigaram as pessoas a mudar de embarcação várias vezes durante o percurso. Além dos dois palestinos, outros nove imigrantes foram salvos. A Marinha italiana está investigando o caso.

Outra tragédia envolvendo a fuga de imigrantes ocorreu no domingo, 14. De acordo com Ayub Qasem, porta-voz das Forças Navais líbias, um barco com 250 pessoas naufragou no último domingo, 14, no litoral de Trípoli, capital da Líbia. A busca pelos sobreviventes já começou e, até o momento, apenas 36 pessoas foram salvas.

De acordo com informações passadas ao porta-voz das Forças Navais líbias, houve uma explosão no barco antes de afundar. As autoridades só foram alertadas sobre esse acidente após pescadores encontrarem dezenas de corpos flutuando.

Fontes: OGlobo-Organização migratória teme que até 500 pessoas tenham morrido em naufrágioEstadão-Barco com 250 imigrantes africanos naufraga na Líbia

Sobre SPM - Serviço Pastoral dos Migrantes

O Serviço Pastoral dos Migrantes (SPM) é uma Pastoral Social, vinculada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), fundada em 1985, que promove os direitos humanos, sociais, econômicos, políticos e culturais dos migrantes e imigrantes e comunidades de origem, trânsito e destino.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s