CAFÉ: Máquinas reduzem número de migrantes na colheita de café

Autor(a): Marco FelippeFunção: Repórter Foto(s): Rafael Mulinari/Comércio da Franca Data: 25/04/2012

Máquina trabalha na colheita de café em propriedade da região de Cristais Paulista. Maquinários têm substituído os apanhadores Com previsão de ter uma das melhores safras dos últimos anos, a colheita do café na região de Franca em 2012 não será de número recorde de trabalhadores. Ao contrário, a queda nas contratações é confirmada por produtores, sindicatos e entidades do setor e acontecerá porque grande parte do trabalho tem sido feita cada vez mais pelas máquinas. Somente na área do Escritório de Desenvolvimento Rural de Franca, composta por 13 municípios, serão 300 máquinas em operação nesse ano. Cada maquinário faz, em média, o trabalho de 50 homens. Para o engenheiro agrônomo Pedro César Barbosa Avelar, da Cati (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral), a mecanização da cafeicultura tem crescido a cada ano como forma de melhorar a viabilidade econômica da atividade, já que a rigidez das leis trabalhistas tem encarecido a contratação e manutenção da mão de obra. Atualmente o contratante precisa ir até a cidade de origem dos trabalhadores e detalhar como fará o transporte dos catadores, onde eles ficarão e em quais condições de segurança e saúde. “Está mais complicado trazer esses migrantes. Além disso, o crescimento de outras culturas naquela região (de origem dos trabalhadores) tem feito eles se afastarem.” Segundo levantamento do IEA (Instituto de Economia Agrícola), a região é a quarta do Estado onde houve maior redução da presença de migrantes. O presidente do Sindicato Rural de Franca, Galileu de Oliveira Macedo, disse que os produtores têm preferido investir em máquinas que contratar apanhadores. Ainda assim, ele estima a abertura de seis mil postos de trabalho na área de abrangência do sindicato, que inclui seis municípios. “Com certeza esse número no passado era bem maior, porém ainda vamos precisar de terreireiro, tratorista e de alguns apanhadores.” A safra na região começa no próximo mês e segue até meados de setembro. A previsão é que 1,2 milhão de sacas sejam colhidas na região. Na safra passada foram cerca de 800 mil sacas. Em Pedregulho, a estimativa do Sindicato Rural da cidade é que quatro mil trabalhadores sejam contratados nessa safra, quantidade que no passado ultrapassava os oito mil. “A mecanização está muito forte, porém, em propriedades pequenas, as colheitas ainda são manuais, o que demanda mão de obra. Há também áreas em que a topografia não favorece a implantação das máquinas e muitas lavouras novas”, disse o presidente do sindicato da cidade, Ely Martins Vieira Brentini. Produtor de café em Cristais Paulista, Fabiano Alves Ferreira é um exemplo dessa mudança. Ele adquiriu duas máquinas desde o ano passado em um investimento de R$ 700 mil e reduzirá o número de contratados de 23 para 12 pessoas nessa safra. Em 2007 eram 50. A propriedade tem 190 hectares de café. “A burocracia na contratação foi um dos fatores que me motivou a investir em máquina, além disso, elas têm um rendimento maior e posso prestar serviços na região. Mesmo com queda na produtividade, compensa.” Fonte: http://www.gcn.net.br/jornal/index.php?codigo=168698&codigo_categoria=21. Em: 25-04-2012.

Sobre SPM - Serviço Pastoral dos Migrantes

O Serviço Pastoral dos Migrantes (SPM) é uma Pastoral Social, vinculada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), fundada em 1985, que promove os direitos humanos, sociais, econômicos, políticos e culturais dos migrantes e imigrantes e comunidades de origem, trânsito e destino.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s